Menu de navegação das páginas

Dicas para plantar sua horta de modo divertido, saudável, delicioso e dando muito menos trabalho do que imagina

‫‫

Ragu de Carne

Ragu de Carne

Dificuldade: média

Tempo de Preparo: 7 horas

Serve 10 pessoas

O ragu de carne é uma verdadeira instituição da cozinha italiana, resultado de um cozimento lento e prolongado; são horas e mais horas no fogo que concentram, apuram e dão muito mais sabor aos ingredientes. Na Itália (e para qualquer família italiana em todo mundo), é a receita dos domingos e dos dias de festa, como disse meu amigo Alessandro Beatrice.

E por falar no Alessandro, é hora de apresentá-lo para vocês. Conheci o Alessandro quando morei na Itália e nos tornamos grandes amigos. Desde que retornei para o Brasil, o Ale me premia regularmente com receitas clássicas da cozinha italiana, que ele mesmo escreve.

Não preciso nem dizer que os pratos são sempre deliciosos e prepará-los ajuda a matar as saudades da Itália, sentindo os seus aromas e os seus sabores. Mas as receitas que ele escreve são muito mais do que isto. Ele as descreve de maneira literária, cuidando de cada detalhe, os textos são recheados de lembranças, tradições e sentimentos. Por isto, gosto de chamá-las de cartas gastronômicas.

O ragu é a primeira destas cartas gastronômicas que dividirei com vocês. A íntegra da carta gastronômica pode ser baixada no formulário abaixo, juntamente com a tradução. Espero que aproveitem e se emocionem tanto quanto eu.

O Ragu combina com todos os tipos de pasta, especialmente com espaguete, o tagliatelle, lasanha, gnocchi (para estômagos mais fortes) ou canelone. Também vai muito bem com uma boa polenta e, até mesmo, com uma simples fatia de pão.

Ingredientes

  • Ragu de Carne½ kg de músculo
  • ½ de costelinhas de porco
  • 2 litros e meio molho de tomate (passata di pomodoro)
  • 250 ml de vinho tinto;
  • 150 ml de azeite de oliva
  • 300 g de queijo (parmesão ou grana);
  • 1 cebola
  • Sal, pimenta-do-reino, folhas de louro e manjericão.

Preparo

1. Em uma panela grande (quanto maior a panela, menos chance de espirrar e fazer a maior sujeira) coloque uma camada espessa (aprox. 2 mm.) de azeite de oliva para esquentar em fogo médio.

2. Quando o azeite estiver quente, acrescente as cebolas trituradas.

3. Deixe as cebolas refogarem até que esteja macias e junte as carnes.

4. Deixe selar a parte da carne que estiver virada para baixo e vá girando para fazer o mesmo em todos os lados. A carne deve ficar uniformemente sela e, em alguns pontos, levemente tostada.

5. Quanto o azeite voltar a ser agressivo e explosivo, adicione o vinho tinto com bastante cuidado para que não entre em combustão em contato com o óleo quente. Se tiver problemas, abaixe o fogo.

6. Deixe o vinho evaporar bem. Então adicione a passata di pomodoro, o manjericão e uma pitada de sal. Não se preocupe em acertar o sal neste momento. Isto poderá ser feito ao final do cozimento.

7. Uma vez que o molho atingir a ebulição, a chama deve ser regulada quase no mínimo para que o molho ferva muito lentamente pelas sucessivas 5-6 horas. O ritmo deve ser o mais lento possível, sem que o molho deixe de ferver.

8. Na metade do cozimento, quando a carne estiver cozida e macia, retire todas as costelinhas e reserve. Faça o mesmo com o músculo quando este também estiver macio (deve demorar mais que a costelinha). Não se preocupe se os ossos da costelinha sairem limpos. Isto é comum e a carne desfiada servirá para enriquecer o molho.

9. O ragu estará pronto quando o azeite tiver escurecido e você perceber que é cada vez mais difícil não deixar grudar o molho no fundo da panela, ainda que mexa sempre. De qualquer modo não se pode apagar antes que um pouquinho de molho não tenha queimado no fundo, quando perceber que isto ocorreu, então o ragu estará quase pronto.

10. Ajuste o sal e a pimenta, se necessário. Retire as folhas de louro.

11. Coloque as carnes de volta na panela por alguns minutos para esquenta e absorver o sabor do molho.

12. Sirva com uma boa polvilhada de queijo ralado e algumas folhinhas de manjericão.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

‫‫
‫‫‫‫‫‫‫

Pin It on Pinterest

Share This